Um amor de madrugadas, não seria uma má ideia.




Estou deitado na minha cama nessa madrugada qualquer. 

Inclusive amo madrugadas, não me canso de madrugadas nunca.

Esse ano está sendo bom até o momento e acredito que vai ser e muito! Acredito nisso.

2016 foi um ano muito bom na minha vida, e 2017 vai ser mais incrível ainda, para mim o ano passado não foi ruim, pelo contrário, foi muito bom.

Adoro esse silêncio da madruga, dá uma paz.

Madruga traz liberdade, traz a própria companhia, traz um bom momento.

Tem muita gente que dorme na madrugada, mas madrugadas não são feitas para serem dormidas, não para mim.


Nunca me canso de conhece pessoas novas, adoro conhece gente nova, adoro troca uma ideia, acho muito interessante quando alguém me ensina algo totalmente novo... mas ando cansado dos mesmos rapazes, dos mesmos corpos, dos mesmos sabores, das mesmas bocas, das falsas promessas, da falta de amor e do excesso de putaria. Já tive dias que acreditei muito no amor, em outros desisti desse sentimento, o ser humano as vezes é uma droga, faz agente desacredita das coisas, não desisto jamais da vida, mas ando desistindo do amor, não do amor ao próximo, mas do amor que tantos procuram, é desse tipo de amor, que hoje eu estou dizendo.

Sei lá, só cansei. Sempre dou uma sossegada, e essa é a hora do amor, chegou novamente. 

Nunca saberemos do dia de amanhã, mas tudo pode acontece, inclusive no amor e na falta dele.

Um amor de madrugadas, não seria uma má ideia.




Vem comigo 



0 comentários:

Postar um comentário